CAIXA AMPLIA CRÉDITO PARA COMPRA DE MATERIAL DE CONSTRUÇÃO

Valor máximo de empréstimo oferecido aos clientes passou de R$ 7.000 para R$ 25 mil.

14/11/08 - A Caixa Econômica Federal aumentou o limite da linha de crédito que financia, com recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), a compra de material de construção. O valor máximo de cada empréstimo oferecido aos clientes passou de R$ 7.000 para R$ 25 mil.

A operação pode ser realizada nas agências da Caixa Econômica Federal, mas é restrita a pessoas com renda de até R$ 1.900.

As taxas de juros do financiamento não foram alteradas e continuam variando de 6% a 8,16% ao ano, dependendo da faixa de renda do tomador do empréstimo, mais a variação da TR (Taxa Referencial). O prazo de pagamento foi mantido em 96 meses.

O dinheiro só pode ser usado para reformar imóveis avaliados em até R$ 70 mil. A operação é feita pelo chamado Construcard FGTS, em que o valor da linha de crédito da Caixa é carregado em um cartão de débito que pode ser usado nas lojas de material de construção conveniadas ao banco estatal.

Para quem tem renda superior a R$ 1.900, a Caixa continua a oferecer o Construcard SBPE, que usa recursos da caderneta de poupança para financiar a compra de materiais de construção.

Nesse caso, o limite mínimo de empréstimos é de R$ 1 mil e as taxas de juros podem variam de 13,5% a 22% ao ano. O valor máximo do empréstimo depende da capacidade de pagamento do tomador. Além disso, o prazo de pagamento para essa outra modalidade do Construcard é de 42 meses, podendo chegar a 60 meses, caso o imóvel tenha sido adquirido com financiamento da Caixa.