INVESTIMENTO EM IMÓVEIS


Existem muitas razões para que você considere como opção de investimento, ter um ou mais imóveis para locação e de preferência, que sejam de 1 ou 2 dormitórios. Quero dividir 5 dessas boas razões com você.


Quem já assistiu à uma de minhas palestras sobre finanças, sabe que sou fã incondicional dos pequenos imóveis para locação residencial  ou comercial e recomendo com entusiasmo esta modalidade de investimento.

O que me levou a escrever este artigo, exatamente na data de hoje, foi a notícia de que o índice de vacância (imóveis desocupados vs. imóveis locados) é o menor em 10 anos, em São Paulo, segundo o Estadão.  Minhas expectativas se confirmaram. Trata-se de um excelente investimento. Ainda que você seja fã da bolsa ou outras modalidades com mais ou menos riscos.

Vamos lá:


VOCÊ SEMPRE GANHA DINHEIRO

Imóvel é o tipo de bem com o qual você sempre ganha dinheiro. Nossos avós ganharam, nossos pais ganharam e você e eu, seguramente, ganharemos.


E isso deve ocorrer por muitas gerações ainda, pois a carência de unidades habitacionais é de milhões. Nem o governo nem a iniciativa privada, tem dinheiro para produzir tantos imóveis, pelo menos, nas próximas décadas, não.


ESTE É E CONTINUARÁ SENDO UM PRODUTO EM ESCASSEZ


E por isso não desvalorizará tão cedo. Uma parte dos especialistas dizem que os preços podem até se estabilizar, mas não cairão, pelo menos por enquanto. Outra parte, afirma que o preço continuará subindo.


Muitos motivos garantem o preço alto tanto para compra quanto para locação de imóveis:


-  Jovens se tornam adultos e querem sair da casa dos pais, morar sozinhos;
- Casais se separam e se faz necessário um novo imóvel na maioria dos casos (tem gente que se separa e continua morando junto, separe-se no papel apenas);
- Casais se formam e precisam de um lugar para viver;
- Terrenos estão ficando escassos;
- A oferta de crédito para compra do imóvel melhorou, mas falta muito, para ser o suficiente;
- O alto preço do metro quadrado, inviabiliza a compra e favorece a locação.



Essa escassez, numa economia normal, o produto não baixa de preço e tem demanda. Você hoje, não fica com um imóvel desocupado por muito tempo, o que era o temor dos investidores, há alguns anos. Invista neles!


É SÓLIDO


Diferentemente do dinheiro num banco, um presidente da república, não bloqueia seu imóvel. Também sou favorável a tese de que o vento não leva, o ladrão não furta e o fogo não queima (quase nunca – se for de madeira, há mais perigo).


*DÁ MAIS DE 1%


Logicamente, dependendo do local e tratando-se de uma nova locação.
Estive no final de 2011, em Paranaguá no PR e lá conheci um bom modelo de kitnet. Uma unidade com 33 m2 aproximadamente, dando 1.5% de resultado, já descontada a comissão da imobiliária.



Se você se especializar nesse nicho, pode conseguir até mais, que os 1.5% acima.
Isso é mais que a poupança ou renda fixa.



SERVE PARA FAZER MAIS DINHEIRO


O fato de você possuir escrituras em seu nome, facilita e muito, a obtenção de empréstimos (claro, se for dos bons, empréstimos saudáveis, para fazer mais dinheiro) em banco, para o caso de oportunidades e empreendimentos e até mesmo, utilizar como garantia, para comprar ou construir, mais imóveis. A coisa é fantástica, vira uma roda de fazer dinheiro.


Claro que existem os contras e o que mais pesa é o fato de você mobilizar seu capital e perder oportunidades. A possível inadimplência hoje não é tão desestimulante pois a retomada do imóvel ocorre muito rapidamente nos dias atuais.


Mas minha empolgação com essa modalidade, se dá pelo fato de que o risco é mínimo e você garante, não apenas o seu futuro, mas como raramente se perde dinheiro em imóveis, garante também, o futuro de seus filhos, de outras gerações.