"ACONSELHAMOS OS INVESTIDORES A SEREM CADA VEZ MAIS CAUTELOSOS COM FUNDOS IMOBILIÁRIOS"


SÃO PAULO – A gestora de recursos Rio Bravo continua otimista em relação ao mercado de fundos de investimento imobiliários (FIIs), mas ressalta em sua última carta aos cotistas que os investidores devem fazer uma análise criteriosa antes de investir. “Aconselhamos nossos investidores a serem cada vez mais cautelosos em suas análises de investimento. Com o crescimento do mercado e a entrada de novos gestores, através de novos fundos, faz-se ainda mais essencial analisar cada fundo em particular, seus ativos, região-alvo e perspectiva de rentabilidade, tendo em vista que está cada vez mais difícil encontrar excelentes oportunidades, como nos últimos anos”, diz a carta da Rio Bravo.
A gestora ressalta que, no último ano, o número de fundos registrados na CVM (Comissão de Valores Mobiliários) passou de 142 para 184, dos quais 103 são negociados no ambiente BM&F Bovespa. Além disso, eles lembram que o número de investidores no mercado de FII cresceu 175% em 2012, totalizando 97.128 no final do ano passado.


Para este ano, o Rio Bravo acredita na quebra de novos recordes. “O ano começa com um saldo remanescente de ofertas de cotas de FII registradas em 2012 no montante de R$ 4,2 bilhões. Somando-se as ofertas em análise e as registradas em 2013 até agora, esse volume salta para R$ 8,8 bilhões, número bastante expressivo para um ano que mal começou. Para efeito de comparação, em 2012 o volume total de cotas emitidas foi de R$ 14 bilhões”, diz a gestora.


 No último ano, o número de fundos registrados na CVM passou de 142 para 184, dos quais 103 são negociados na BM&F Bovespa (Getty Images)
No último ano, o número de fundos registrados na CVM passou de 142 para 184, dos quais 103 são negociados na BM&F Bovespa (Getty Images)

Segundo a asset, o maior interesse pelos FIIs no último ano pode ser explicado pela queda da taxa de juros, que fez co que investidores de renda fixa procurassem alternativas de investimentos “na classe de ativos de baixo risco, onde se enquadram os investimentos imobiliários”.
53 negociados diariamenteUma análise feita pela Rio Bravo com os 103 fundos negociados na bolsa mostrou que apenas 53 são negociados diariamente. Destes, 42 tiveram retorno total (valorização do principal mais distribuição de rendimentos) igual ou maior do que 10% no ano.
“Chamamos a atenção para duas pequenas parcelas: 9 fundos ultrapassaram o retorno total de 50% e 7 tiveram desempenho negativo”, aponta a gestora.