VOCÊ CONHECE O CORRETOR DE IMÓVEIS “PEIXE FRITO”?



Em nosso post de hoje, vamos refletir sobre a figura de um corretor muito comum nos salões, mas que nem sempre damos a devida atenção: o corretor peixe frito. Você já ouviu falar sobre ele?



Esta foi uma expressão que escutei em um feirão de imóveis aqui no meu estado, o Espírito Santo, onde estava prestando uma consultoria para um cliente. Conversando com um grupo de corretores, notei que havia alguns profissionais com uma postura mais observadora, um pouco distante dos pontos centrais de atendimento. Fiquei curioso e perguntei sobre o que se tratava.

Os corretores com quem estava conversando inicialmente me informaram que aqueles eram os chamados corretores peixe frito, ou os corretores que estavam no barranco. Achei a expressão interessante e resolvi entender um pouco mais sobre aqueles profissionais.

Em resumo,  são corretores que não estão designados para um plantão, mas que vão para o salão de vendas, de acordo com jargão do grupo, para “fritar”. Ou seja, são corretores que ficam à espera de uma oportunidade para atender o cliente, desde que todos os plantonistas devidamente escalados estejam em atendimento e, dessa forma, impossibilitados de dar atenção a um novo cliente que entra no stand.

O corretor de imóveis peixe frito vai para o stand especificamente para ficar à espera de uma oportunidade para agir.

Após a explicação, percebi que esta era uma figura bastante comum também na época em que atuava nos salões de vendas e, com este reencontro com o corretor peixe frito na ocasião do Feirão de Imóveis, resolvi falar um pouco mais sobre ele aqui no blog.

É interessante notar que este é um profissional bastante curioso, pois ele pode ficar o dia inteiro no plantão sem realizar nenhum atendimento, já que a preferência é para os plantonistas escalados. Mas, em contrapartida, ele pode nesta experiência fazer um atendimento que tem a possibilidade de ser transformado em um novo contato e até mesmo em uma venda.

Acredito que essa postura demonstra a atitude de um profissional comprometido, engajado e que, focado em conquistar os seus objetivos, envolve-se efetivamente com o mercado imobiliário, muitas vezes abdicando de seus momentos de folga para atingir os resultados esperados.

Contudo, não quero aqui sentenciar que todo profissional deve abrir mão do seu descanso para provocar uma nova venda, mas, sobretudo, para chamar atenção para a importância do corretor peixe frito,  que muitas vezes insatisfeito com o seu resultado não mede esforços para ter uma alavancagem na carreira, que não se deixa abater por desculpas para justificar as não vendas e assume um novo comportamento mais ativo.

E nesta reflexão, quero chamar atenção para o fato de o sucesso ser construído diariamente. Ninguém quer saber, por exemplo, quem foi o maior vendedor do mês passado, e sim, deste mês. O entendimento desta dinâmica é a confirmação de que você irá alcançar os seus objetivos. E isso inclui também uma qualificação permanente, seja por meio da leitura de portais, jornais ou revistas especializadas no mercado imobiliário ou de cursos voltados para o segmento.

Por isso, a figura do corretor peixe frito pode nos servir de inspiração para novas atitudes, como a iniciativa de ir ao plantão para provocar uma possibilidade de um novo relacionamento ou de uma nova venda e entusiasmo para sairmos do comodismo e inovarmos em nossas práticas diárias.