CORRETORA DE IMÓVEIS DIZ QUE LEVOU CALOTE DE ATRIZ AO VENDER IMÓVEL


Uma corretora de imóveis procurou a coluna do Leo Dias  afirmando que Isis Valverde teria lhe passado a perna durante a compra de um imóvel. A corretora Vanda Braga diz que a mansão adquirida pela atriz no condomínio Portinho do Massaru, no Itanhangá, custou R$ 100 mil a menos do que foi estipulado pela imobiliária. Em junho, a atriz esteve junto com sua mãe e o ex-namorado Tom Rezende no local e conseguiu, com a ajuda da corretora, baixar o imóvel de R$ 3 milhões para R$ 2,1 milhões. 



Isis ainda voltou à residência, que está construída num terreno de 2.800 metros quadrados, mais duas vezes, sempre acompanhada da corretora que conseguiu o abatimento na compra. O problema começou quando o então namorado da atriz conseguiu com um funcionário do condomínio o telefone do dono da casa. 


Ainda segundo Vanda, Isis fez contato direto com o proprietário e simulou não saber que a casa estava à venda por intermédio de uma imobiliária. Assim, a atriz comprou a mansão por R$ 2 milhões e ainda não pagou a comissão da corretora. Em conversa com a coluna, Vanda disse que entrará na Justiça contra o antigo dono do imóvel e que o mesmo pode querer cobrar de Isis metade dos R$ 100 mil.

Vanda revelou, ainda, que já havia tomado uma volta da atriz na época em que Isis comprou uma cobertura na Barra. “A cobertura custou R$ 800 mil e a minha comissão deveria ser de R$ 40 mil, mas ela só me pagou R$ 16 mil. Hoje, ela quer vender por R$ 3,5 milhões uma cobertura que vale, no máximo, R$ 2 milhões. E ainda não pagou a minha comissão”, contou a corretora. A coluna entrou em contato com a assessoria de imprensa de Isis, que não se pronunciou até o fechamento desta edição. 

E você corretor de imóveis já passou por alguma situação parecida, deixe seu comentário.