PARTICIPAÇÃO FEMININA NA COMPRA DE IMÓVEIS CRESCE CADA VEZ MAIS

Ao compor renda com marido na compra ou financiando sozinha, mulher encabeça boa parte dos contratos imobiliários.


Cresce a participação das mulheres na compra de imóveis. Seja compondo renda com marido, familiares ou comprando sozinhas, elas já representam 37% dos contratos de financiamento  da Caixa Econômica Federal.“Esse percentual vem se mantendo ao longo dos anos, principalmente quando falamos da mulher que compra sozinha. Agora, o que chama a atenção e que já é alvo de estudos na Caixa é a participação delas na composição de renda com o marido, pois, no passado, o homem mesmo casado só usava a renda dele no contrato”, ressalta José Domingos Martins, superintendente da Caixa no Rio.


A tendência também é vista na CrediPronto, braço da Lopes Imobiliária. “Notamos que a participação da mulher como tomadora do financiamento imobiliário tem aumentado a cada ano. No primeiro semestre deste ano chegou a 34,8% dos nossos clientes, enquanto que em 2013 essa participação foi de 31,4%”, diz Bruno Gama, diretor da CrediPronto. 

De olho nesta tendência, construtoras investem cada vez mais em ambientes destinados a elas, como salão de beleza, massagem, spa e espaço de dança, entre outros. “A mulher sempre teve poder de decisão grande na compra do imóvel. Natural que as empresas dediquem espaços só para elas. Segmentar a área de lazer já é realidade no mercado imobiliário”, comenta Fellipe Pedro, sócio da Minha Comunicação. 

Nos empreendimentos da RJZ Cyrela e da Living, por exemplo, é possível encontrar opções para elas. “As áreas de lazer são pensadas para o bem estar da família como um todo, mas sem, dúvida, itens como spa, fitness e solarium fazem muito sucesso entre elas”, afirma Rogério Jonas Zylbersztajn, vice-presidente da RJZ Cyrela. 

No Hype Apartments, da Fmac em Botafogo, elas contarão com espaço para massagens, além de hidromassagem. O conceito de bem-estar estará presente no Damai, da Brookfield, no Recreio. Serão opções como fitness, pilates, massagem e ioga, banhos (ofurô e banheira), duchas cromoterápicas e saunas seca e a vapor. 

Pensando no dia a dia corrido das mulheres modernas, que acumulam funções, a Labes Melo vai construir no Wave Reserva um ambiente com atividades exclusivas para elas. A Leduca também contempla o público feminino com salão de beleza, academia e spa.Salão de beleza e closet para agradar 

“Assim, a mulher não precisa sair do condomínio para se cuidar, não perde tempo com deslocamento”, diz Paulo Marques, sócio-diretor da Leduca. 

O salão de beleza pode ser encontrado no Maui, da Calçada, no Recreio, e no Bourgogne Résidences Gourmet, da MDL, na Freguesia. Outro diferencial é a chance de ter um closet, sonho de muitas mulheres. É o caso do Bravo Residencial, que está na fase de pré-lançamento da Caetano Belloni, em Campo Grande. 

“No apartamento decorado damos sugestões de como montar o closet. Teremos sauna com repouso e hidro”, conta Guilherme Belloni, gerente de Incorporação.

Cristiane Campos