PORQUE NÃO CONSIGO VENDER O MEU IMÓVEL?

Muitos proprietários de imóveis se perguntam: como posso vender o meu imóvel mais barato hoje que há dois anos atrás?
Em Brasília, a partir do lançamento do novo bairro, o Setor Noroeste, no momento em que o mercado imobiliário ainda estava aquecido, o famoso “boom” imobiliário, a procura por imóveis na região era muito grande. E, como a lei da oferta e procura regula o mercado, o preço das unidades subiram. Da mesma forma que hoje os preços caem ou se reajustam por motivos variados.
Normalmente, pessoas que apenas compraram no lançamento do empreendimento e passaram o ágio para outros interessados antes do financiamento bancário, dependendo do período, podem ter tido significado prejuízo. Isso chama-se especulação. E esse tipo de comportamento além de não se sustentar é muito arriscado.
A supervalorização dos imóveis no novo bairro refletiu imediatamente nas outras regiões do DF. Como, agora, os preços dos imóveis estão se adequando, pois houve contração na especulação e, consequentemente, retração na valorização.
Uma dica final: não é pelo fato de um apartamento ter sido vendido por um preço que outro imóvel no prédio terá o mesmo valor. As condições de análise de preço podem variar por posição em relação ao sol, andar alto ou baixo, ter ou não vista livre, acabamento moderno e de alto padrão, entre outros.

Como para se investir na Bolsa de Valores devemos procurar um profissional habilitado, também, ao vender, comprar ou alugar um imóvel faça o mesmo, contrate um Corretor de Imóveis de sua confiança. Ele irá auxiliar nesse processo, apresentando uma avaliação técnica, contribuindo para uma negociação mais rápida e segura, evitando que compre na alta e venda na baixa.
Boa sorte e bons investimentos.
Rodrigo Barreto – Colunista do Portal Marketing e Publicidade Imobiliária
Diretor Comercial da Baroli Imóveis, Administrador de Empresas, habilitado em Marketing (nível superior), Corretor de Imóveis e Membro: NAR of Realtors® USA (Corretor de Imóveis Internacional).
Autorizo usar este artigo desde que insira o link da fonte e faça referência ao autor: