O LÍDER COMERCIAL

Toda empresa necessita de líderes, são aqueles que inspiram os outros, que motivam o ambiente fazendo a busca pelo resultado uma satisfação pessoal e coletiva. Lideres podem e devem ser treinados para trabalhar conforme as necessidades da empresa.
No mercado de hoje extremamente técnico, onde o cliente tem acesso a um número imenso de informações a equipe comercial deve estar sempre em sua capacidade máxima, ou seja, conhecimento total do produto, condições comerciais e etc…
Além disso, mais do que simplesmente vender, é necessário ter “continuidade” e manter um resultado constante que propicie uma capacidade da empresa de manter investimentos e projetar crescimento futuro, para isso é necessário ter uma equipe “coesa”.
Como um time de futebol nem todos estão bem num determinado jogo, mas a força do grupo é capaz de conquistar os resultados, um bom técnico é fundamental neste momento, onde entra a capacidade de liderar pessoas em prol de um resultado comum.
Na área comercial é comum ver empresas trocando de gerente comercial como times trocam de técnico de futebol, não entendem que além de tempo para se formar uma equipe é necessário mais que um “Gerente”, ter um “Líder” no comando de sua equipe é fundamental, pois alguém deve “tomas iniciativas” de “criar possibilidades” de venda e não somente estar sentado em uma mesa interagindo com a equipe.

“Líder Comercial” deve buscar listas de clientes prospects, gerar possibilidades de parcerias comerciais, ter conhecimento total do serviço administrativo (mesmo que não seja ele que faça), analisar o ritmo comercial diariamente, analisar motivação e comprometimento da equipe diariamente, ser um especialista em “relações interpessoais”, ser um profissional que tenha domínio nas novas tecnologias(caso não seja que busque a evolução), ter capacidade de negociar tanto no atacado como no varejo e principalmente deve ter Respeito e Ética ao trabalhar com a equipe.
Muitas vezes dentro de sua equipe pode ter um profissional “quase pronto” a ser um líder, que tenha a liderança na veia, e em breve pode sair e montar sua própria empresa, acredite em oportunidades caseiras, de investir nos profissionais, crie uma capacidade de se gerar uma evolução interna onde todos possam acreditar e sonhar junto com a empresa.
 “Pensar estratégia é…
…aproveitar oportunidades!”