IMÓVEIS - COMPRAS POR FINANCIAMENTO MANTÊM LIDERANÇA



No mês de setembro, o índice Venda de Usado Sobre Oferta (Vuso) para os imóveis residenciais foi de 4,5%, sem diferença significativa em relação ao índice de agosto de 2012 (4,2%). Assim, com a média de 4,5%, o Vuso fecha os 12 meses cerca de dois pontos percentuais abaixo da média do período anterior (de outubro de 2010 a setembro de 2011 a média foi 6,4%). Os imóveis com maior índice foram: kitinete (17,6%) e apartamento com dois dormitórios (9,0%).


Em relação aos imóveis comerciais, o índice foi de 4,3%, cerca de dois pontos percentuais abaixo em relação ao índice de agosto de 2012 (5,8%). Os terrenos, por sua vez, apresentaram aumento de dois pontos percentuais em relação ao índice de agosto de 2012 – totalizando 6,3% em setembro.


Na hora da compra, levando-se em conta o último trimestre (de julho a setembro), 60,6% optaram pelo financiamento do imóvel, enquanto 39,4% efetuaram o pagamento à vista. Já os terrenos apresentaram variações significativas nos índices. Na área de vendas, a média do índice para terrenos dos últimos 12 meses foi 4,6%, com queda de três pontos percentuais se comparada à média do período anterior (de outubro de 2010 a setembro de 2011 a média foi 7,5%).



As locações


No último mês, as casas de madeira ou mista e as kitinetes foram os imóveis com maior índice de Locação Sobre Oferta (LSO), com 22 % e 18,1%, respectivamente. O LSO de 11,44% para os imóveis residenciais ficou quatro pontos percentuais abaixo do índice de agosto de 2012 (16,10%). Assim, nos últimos 12 meses, a média de LSO foi de 16,96%, cerca de cinco pontos percentuais abaixo da média do ano anterior (de outubro de 2010 a setembro de 2011 a média foi 22%).

Para os imóveis comerciais, a média dos últimos 12 meses foi de 10%, cerca de três pontos percentuais abaixo da média do período anterior (de outubro de 2010 a setembro de 2011 a média foi 13,24%). Mantendo o mesmo cenário de julho e agosto, os conjuntos comerciais obtiveram maior índice LSO, com 10%.


O tempo decorrido entre a angariação e o aluguel das casas de alvenaria com quatro dormitórios foi de 49 dias, seguidas pelas Casas de Madeira e/ou Mistas com 70 dias e as Kitinetes com 74 dias. Em relação aos imóveis comerciais, o tempo foi de 95 dias. Pode-se perceber uma variação significativa em relação à média registrada no mês de setembro de 2011, que foi de 113 dias. Os dados do mercado imobiliário no Paraná são levantados, mensalmente, pelo Secovi, criado há 26 anos para defender os interesses do mercado imobiliário e condominial, representa todas as empresas de compra, venda, locação, administração, incorporação e loteamentos de imóveis e dos condomínios residenciais e comerciais, além dos shoppings centers em todo o Paraná, que totalizam mais de 10 mil condomínios e duas mil empresas em todo o Estado.



Aluguel sobe 8,07%, para contratos que vencem em outubro


Os contratos de locação com reajuste previsto para outubro e correção atrelada ao Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M), da Fundação Getúlio Vargas (FGV), subirão 8,07%, percentual superior ao dos aluguéis com aniversário no mês anterior, corrigidos em 7,72%.


Em termos práticos, o reajuste ocorrerá para os contratos de locação que tiveram valores constantes de aluguel no período de outubro de 2011 a setembro deste ano. O Sindicato da Habitação (Secovi) divulga tradicionalmente o fator de multiplicação, que pode ser aplicado diretamente ao aluguel antes do reajuste. Neste mês, esse fator é de 1,0807.


Por exemplo, se o aluguel vigente de outubro de 2011 a setembro de 2012 foi de R$ 1.000,00, o valor reajustado para outubro será calculado da seguinte forma: 1.000,00 multiplicado pelo fator de multiplicação de 1,0807, que resultará no produto de R$ 1.080,70.